Gestão logística no trade marketing

Como oferecer gestão da logística no Trade Marketing

A gestão logística permite reduzir o estoque de segurança do cliente. No entanto, para que isto seja possível, é fundamental contar com um bom sistema de informação. Quando este sistema é bem organizado, é possível ajustar as entregas mantendo a previsão de venda dos estabelecimentos em função do nível de estoque negociado. Isso pode reduzir o armazenamento de mercadorias e produtos e o capital parado. Neste sentido, é importante citar que a qualidade logística não depende somente da indústria como também da distribuição.

O trade marketing tem como principal função efetuar a análise e discutir a relação entre os canais de vendas das empresas e os fabricantes. Ele encontra na logística uma área de aplicação de suas funções, em especial no que se refere aos aspectos técnicos.

Algumas empresas têm optado pela criação de um departamento especializado na gestão da cadeia de produção. Em diversas organizações, este departamento é considerado um dos mais relevantes. Este setor representa uma evolução da tradicional área logística. Desta forma, a gestão logística ganha mais destaque passando da mera concepção de transporte de mercadorias pelo menor custo para uma importante área organizacional, estratégica.

Papel do trade marketing na gestão logística

Uma adequada gestão logística nas organizações é indispensável para obter melhores resultados. Um dos efeitos da realização correta da gestão logística é a redução dos custos operacionais. É importante perceber que o trade marketing pode ser muito efetivo na gestão logística. Inclusive, pode-se dizer que este cumpre papel fundamental na logística.

Isto porque o trade marketing visa a compreensão do relacionamento entre os pontos de vendas de uma determinada marca e os seus consumidores. Essa visão encontrada no livro Gestão de Logística, Distribuição e Trade Marketing permite entender porque as empresas devem fazer uso do trade marketing para potencializar os resultados da cadeia logística.

Ao ter ciência da relação existente entre esses três elos, é possível adaptar a logística de acordo com as demandas. Neste sentido, é preciso que a adaptação considere não somente as necessidades dos clientes como também as demandas dos canais comerciais. Em termos gerais, o trade marketing e a gestão logística se combinam em prol do suporte ao procedimento de vendas.

O sistema WMS

Um ótimo exemplo do papel do trade marketing na gestão logística é o sistema WMS (Warehouse Management System) ou Sistema de Gerenciamento de Armazém. Esse sistema é uma ferramenta utilizada para gerenciamento de equipamentos, estoque, espaço e pessoas que contribuiu para muitas empresas aumentarem a produtividade e reduzirem seus custos.

O WMS funciona como um verdadeiro banco de dados onde são registrados todas as movimentações dentro do armazém.

A implantação do WMS foi uma inovação na logística de muitas empresas, pois é possível coletar os dados de forma eletrônica e com maior segurança rastrear os produtos em tempo real. Dessa forma, há redução de custos operacionais e melhoria no atendimento ao cliente.

Os aplicativos corporativos são ótimas ferramentas para auxiliar na gestão da logística de qualquer negócio. Por meio do uso dessa tecnologia, muitas empresas otimizam seus serviços e ainda conseguem uma redução de custos.